PROJETOS

Através de parceria com a Universidade de Santa Cruz – UNISC, aprovamos no Ministério da Cultura vários projetos sendo o primeiro: “Venâncio Aires, RS: Museu e Arquivo Histórico”, que subdividiu o acervo em diversos Departamentos: Museu, Arquivo histórico, Hemeroteca (jornais, revistas, periódicos), Discoteca e Acervo de livros.

Com a parceria do Centro de Ensino e Pesquisas Arqueológicas (CEPA), da UNISC e com a participação de alunos da rede pública municipal, o NUCVA também realizou pesquisas arqueológicas. Com o projeto “Caayari”, de agosto de 1997, também foram localizados e identificados mais de 50 sítios arqueológicos em Venâncio Aires.

De junho a dezembro de 1998, a entidade realizou o Projeto “Núcleo de Cultura de Venâncio Aires”, com reformas emergenciais no Edifício de Storck, recuperado da edificação depreciada pela ação do tempo. Este projeto, executado através do Fundo Nacional de Cultura, cujo valor total foi de R$ 50.000,00, teve contrapartida de R$ 12.500,00 da Prefeitura Municipal de Venâncio Aires no governo de Celso Artus.

Durante todo o ano de 2001, o NUCVA viu a necessidade de ampliar a parte administrativa, realizando, com auxílio do Ministério da Cultura, o projeto “Reforma e Ampliação do Núcleo de Cultura de Venâncio Aires”, com a construção da sede administrativa. O valor total foi de R$ 64.269,25 e contrapartida de R$ 16.067,31 da Prefeitura Municipal de Venâncio Aires, no Governo de Glauco Scherer.

O Projeto “O Museu de Venâncio Aires conta a História do Município”, em mais uma parceria com a Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC no edital Prómuseu da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS) foi contemplado com R$ 40.000,00 para pesquisas históricas realizadas por três estagiários sob orientação do Professor Dr. Olgário Paulo Vogt e da então diretora técnica Professora Angelita da Rosa, em três ações:

1) Publicação do livro “Abrindo o Baú de Memórias: O Museu de Venâncio Aires conta a História do Município”, lançado no dia 24 de outubro de 2004, na Casa de Cultura de Venâncio Aires;

2) Trabalho de Educação Patrimonial nas escolas, através das 10 caixas de memória;

3) Montagem de exposições temporárias e itinerantes sobre a história do município.

Em dezembro de 2005 participamos do primeiro edital patrocinado pelo IPHAN: “Projeto para a Qualificação Tecnológica e Museográfica do Museu de Venâncio Aires”, para a Qualificação Tecnológica e Museográfica do Museu de Venâncio Aires.

Em 2007, em parceria com a universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), e da Universidade de Caxias do Sul (UCS), e apoio da Prefeitura Municipal de Venâncio Aires, o NUCVA realizou o projeto “O Museu de Venâncio Aires mostra o seu acervo”, com a produção de DVD interativo para divulgação da entidade

Entre 2006 e 2009 restauramos com projeto pelo Mecenato a Igreja da Vila de Santo Amaro, a 4ª igreja mais antiga do RS, prédio tombado do Patrimônio Nacional no valor de R$ 844.436,50 e este projeto caminhou juntamente com “Educação Patrimonial e a Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural da Vila de Santo Amaro do Sul”. Dos projetos apresentados, foram produzidos CD ROM, DVD, livretos e livro “Arquitetando as Raízes de Santo Amaro” (2008).

O projeto “O Patrimônio Imaterial do Chimarrão - o Chá da Amizade”, com o patrocínio da Petrobrás e aprovado pelo Ministério da Cultura em 2006, através do PRONAC 068398. Através de entrevistas pôde-se diagnosticar que os adeptos do uso do chimarrão são pessoas de diferentes raízes ideológicas e diferentes níveis sócio-econômicos. A primeira etapa do projeto foi concluída, sendo realizado o lançamento dos produtos culturais DVDs, CDs e livretos dia 18/03/2010.

De volta à cidade de Santo Amaro do Sul, foi lançado no ano de 2011 o projeto “Festa de Santo Amaro: A Imaterialidade da Fé Contextualizando a História Local” (PRONAC 072888), onde foi Pesquisar e inventariar o patrimônio imaterial da festividade de Santo Amaro, que ocorre tradicionalmente no dia 15 de janeiro, juntamente com o seu povo, suas histórias e seus ritos.

Em outubro de 2009 deu-se o inicio do projeto “Revitalização da Casa de Cultura de Venâncio Aires, RS” (PRONAC 072868), onde realizamos atividades de catalogação, informatização e acondicionamento dos acervos museológicos e arquivístico, da Casa da Cultura de Venâncio Aires, finalizado em dezembro de 2015.

Atualmente a instituição está executando o “Projeto de Manutenção e Qualificação da Ação de Revitalização do Acervo da Casa de Cultura de Venâncio Aires e Implantação de Plano Museológico” (PRONAC 1413921). Iniciado em 2015, este é um seguimento do projeto anterior, devido à necessidade pela quantidade expressiva de peças de acervo que inviabilizou a conclusão do mesmo. Este será concluído em 31/12/2018.